Sobre a loja

A Livraria Kondo possui o acervo mais completo de obras do autor André Kondo. Aqui você também encontra antologias de concursos literários de todo o Brasil. Caso não encontre a antologia desejada ou queira um exemplar autografado, envie um e-mail para: livrariakondo@gmail.com

São Tantas Vozes - Lya Gram

Código: SHSB55UV7 Marca:
R$ 25,00
até 2x de R$ 12,50 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 25,00 sem juros
    • 2x de R$ 12,50 sem juros
    • 3x de R$ 8,83
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Título: São Tantas Vozes

Autora: Lya Gram

Gênero literário: Conto

Ano da 1.ª edição: 2017

Formato: 14X21 cm

Número de páginas: 176

ISBN: 978-85-69708-06-3

 

Prefácio da obra:

Lya Gram é, de fato, uma contista de muitas vozes. Portanto, não seria possível apresentar esta obra sem mencionar cada conto individualmente. Afinal, não seria justo calar sequer uma única voz deste livro, pois todas possuem uma mensagem que merece ser ouvida com a maior atenção — e prazer.

“Anonimato” é uma interessante narrativa sobre o universo por onde gravita o escritor, às vezes estrela, em outras, buraco negro. Em “Senhorinha”, Lya presenteia uma vida inteira à sua personagem e, durante o processo, nos presenteia também.

O “Segredo dos pássaros” nos leva a um onírico voo, enquanto “A casa da rua Maricá” serve de morada ao sobrenatural.

“O espelho de Lúcio” nos traz a nem sempre fácil relação entre pai e filho, em emocionante reflexão. “Só se for por amor” vagueia um intrigante enredo pelo labirinto da moralidade. “O sonho de Lisa” se localiza no limiar entre a vida real e virtual, em uma época em que a primeira é sufocada pela segunda. “Dona Esperança” nos sopra um alento: a esperança de uma sociedade mais solidária.

“O caso da moeda” nos apresenta as faces da liberdade, em uma história que poderia ser apenas uma fantasia, se não nos causasse a reflexão sobre a dolorosa mancha em nossa história real: a escravidão.

“O juramento dos Bolton” é a promessa cumprida de uma boa narrativa, que não nos permite parar a leitura para respirar.

“Ele/Ela” possui um ritmo interessante, alternando entre as ações de um homem e de uma mulher, resultando na revelação de quem são os verdadeiros protagonistas do amor.

“No meu lugar” nos apresenta uma boa fábula aos moldes de Esopo. “O dom maldito” é um soco que nos faz refletir sobre as questões do tempo e da morte.

“Um sanhaço me salvou” pode ser uma boa crônica em um livro de bons contos, assim como “Viagem internacional”, sendo que a primeira seria lírica e a segunda humorística, mas o que importa é que ambas são, sem sombra de dúvida, bons textos. “O resgate da candura” nos apresenta o chatíssimo mundo corporativo, do qual o personagem é salvo de forma inusitada.

“Do que é feita a saudade” nos leva a um tempo que poderia ter sido vivido por todos nós e que, por isso mesmo, nos causa nostalgia. “Todos os lados da riqueza” é um retrato da hipocrisia da sociedade.

“Corpo e alma” fala de quanto a alma é calada pelo corpo quando o assunto é o amor.

“O balanço” leva o leitor a se tornar um elemento de um quadro de um famoso pintor francês. “Sertanejo sim senhor” mostra o valor de uma consciência limpa e plena, protegida por um bom chapéu de palha.

“O menino do quintal” é o tipo de conto que se desejaria abraçar se as palavras pudessem ser abraçadas.

Enfim, são tantas vozes de uma contista única! 

 

(André Kondo - escritor e editor)

 

Sobre a autora:

Vou dizer o que sei sobre Lya Gram, pois os dias a modificam pouco a pouco. Limito-me a relatar o entendimento que se concretizou até aqui.

A aprendizagem é constante na vida desta autora, e não falo de escolas e diplomas. Para ela, isso é apenas uma parte, uma pequena parte de um todo que permeia os seus passos.

Filha número quatro de uma família grande e abençoada, Lya fora sempre bem cuidada e amada. Não nasceu sabendo o que iria fazer da vida quando crescesse.

Aos trancos e barrancos, foi tropeçando em estradas e destinos, alguns escolhidos, outros surgidos ao que chamam de acaso.

Seus primeiros escritos surgiram na adolescência por meio de diários e poemas. Sempre imaginativa, viu na literatura a oportunidade de trabalhar a partir de casa.

Passou em alguns concursos literários, dentre eles, o segundo concurso de Prosas e Versos da Associação de Pioneiros e Veteranos da Embraer, o quarto prêmio SFX de Literatura e o primeiro concurso literário Machado de Assis da Canal 6 Editora.

Participou das antologias “Palavras Abraçadas” da Editora Scortecci e “A Vida em Poesia” da Helvetia Edições, esse último lançado em Lisboa.

Teve publicados alguns textos em revistas de grande circulação, fez palestras, workshops e publicou por conta própria um livro de poesia chamado “Entre dores, flores e dissabores”.

Ela fica feliz em saber que a literatura encontrou nela um fôlego para se perpetuar.

Lya não tem um futuro planejado, mas trabalha e se esforça para merecer sempre o melhor da vida.

www.lyagram.com.br

 

R$ 25,00
até 2x de R$ 12,50 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

A Livraria Kondo possui o acervo mais completo de obras do autor André Kondo. Aqui você também encontra antologias de concursos literários de todo o Brasil. Caso não encontre a antologia desejada ou queira um exemplar autografado, envie um e-mail para: livrariakondo@gmail.com

Social
Pague com
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

Andre Telucazu Kondo - MEI - CNPJ: 18.007.784/0001-45 © Todos os direitos reservados. 2018